Olá Gente,

Tudo bem?

Dominar as técnicas de modelagem e costura é muito importante para um estilista, mesmo que ele não seja a pessoa que vá executar a modelagem, ele é o responsável por pensar uma peça coerente, que tenha caimento, recortes ou pences no lugar certo.

A minha história com a moda começou no interior, quando eu era ainda criança e queria me expressar através das roupas que usava. Logo me vi mandando as minhas roupas para uma costureira fazer, ainda me lembro do nome dela, Fia, e da loja de tecidos que sempre visitava. Chegava lá com os meus desenhos e as primeiras perguntas que ela me fazia eram: como essa roupa vai entrar? Onde vai o zíper? É tecido plano ou malha? Eu ficava perdida porque não tinha conhecimento e só conquistei esse conhecimento estudando modelagem e costura.

Antes de entrar para a faculdade de Moda passei uma temporada no Ateliê da minha tia avó Lara, com quem aprendi muito. Assim, quando comecei os meus estudos, já tinha um bom conhecimento em modelagem e costura.

Além disso, nos primeiros anos de faculdade tivemos muitas aulas de costura e modelagem. Eu simplesmente amava colocar tudo aquilo em prática. Costurei e modelei muito, e posso dizer que esse processo foi fundamental para a minha formação como criadora.

Bom, quero dividir com vocês um pouco do meu conhecimento em modelagem. A começar pelos três principais tipos de modelagens:

modelagem Plana

A modelagem plana é extremamente técnica, matemática pura. Nessa técnica se usa papel craft e milhões de réguas, medidas, curva de quadril, curva de cava e muitas outras coisas. O objetivo é fazer uma peça de roupa 3D a partir de um papel 2D. Por isso é tão importante dominar as técnicas, para que no futuro seja possível quebra-las e inovar.

Moulage

Já a moulage é uma técnica com a qual todo o processo é feito no manequim, com fitas, algodão cru, muitos alfinetes e canetinhas. A roupa vai sendo construída já em 3D. Essa técnica é muito importante, pois algumas peças só podem ser executadas dessa maneira. Contudo, nenhuma técnica exclui a outra, elas são complementares.

 

 

Modelagem digital

modelagem digital, é como a modelagem plana, contudo faz-se uso de um programa de computador, o mais famoso é o Audaces. A principal vantagem desse sistema é a rapidez na criação do molde e graduação. O processo é facilitado, com menos etapas. Além disso, na hora de guardar não ocupa espaço físico, pois pode ser arquivado na nuvem. Outra vantagem é que o programa calcula a quantidade exata de tecido necessária, evitando assim o desperdício no encaixe, quando você precisa colocar por exemplo P, M e G dentro da largura do tecido. Uma desvantagem é a necessidade de um plotter para imprimir em tamanho real, mas existem várias empresas que prestam esse serviço de impressão.

Quem acompanha o meu trabalho sabe que amo fazer roupas com recortes e para muitos looks escolho a moulage para desenvolver a peça. Na hora do desenho eu já tenho que saber qual técnica de modelagem vou usar e os pontos estratégicos onde os recortes precisam estar para que aquele tipo de design seja viável. Por exemplo o bico do peito, a cintura, a linha do quadril entre outros.

 Porém não usamos apenas a moulage, usamos todas essas três técnicas em conjunto. Tirando o melhor de cada uma para chegar a melhor modelagem, aquela roupa que veste como uma luva.

 Na Carolina Barbosa conto com a colaboração de modelistas, mas mesmo assim não posso entregar um desenho sem nexo algum para elas, porque seria impossível de transformar o desenho em realidade. E cá entre nós, o desenho só pelo desenho não serve de nada! É apenas um desenho... Sem a transformação do desenho em roupa o trabalho do estilista não está concluído. Por isso é tão importante dominar as técnicas de modelagem para fazer cada vez mais um desenho assertivo e ter a confiança de que aquilo pode sair do papel e se tornar uma roupa linda.

Como eu sempre falo nada melhor para quem cria do que ver alguém usando a sua criação.

 Espero que vocês tenham entendido como suas roupas são construídas e caso vocês queiram saber mais alguma coisa é só deixar perguntas nos comentários que eu vou amar responder

 Beijos,

Carolina Barbosa

Instagram: @queroool

 

2 Comments

  1. Leila says:
    24 de maio de 2018 at 18:15

    Carol, lendo seu texto me lembrei de todo o caminho que você trilhou para chegar onde está. Tenho muito orgulho em usar suas peças e quando as pessoas elogiam sinto-me como uma mãe coruja. Não foi fácil, continue assim. Te amo 😚😚😚

    • Carolina says:
      28 de maio de 2018 at 12:24

      Obrigada Mami sz! Sou grata por ter você como mãe, sempre me apoiando! Te amo!

Deixe seu comentário

Your email address will not be published.